ROMERO PEREIRA DE SOUSA

Categoria: Design (projetos de design em todas as áreas)
Artista: ROMERO PEREIRA DE SOUSA
Problema: Em razão da pandemia que nos assola, surgiu a necessidade de permanecermos em casa. A casa é o local mais seguro para não entrarmos em contato com o vírus. O dia a dia ao longo desse período, emergiram necessidades de adaptação e estética, e principalmente, o desejo de criar tornou-se latente: sensações e mais sensações vieram à tona, dia a dia, provocando questionamentos . O vazio que ocupava a mente diante da enxurrada de sentimentos não bastou os afazeres domésticos como cozinhar, faxinar , cuidar das plantas, etc. Não restou outra alternativa: reinventar-me e ver e entender que a casa era o problema para o ponto de partida.
Solução: O que fiz ? tive que me limita ao espaço hermeticamente seguro, entrar em um processo de adaptação; incrivel como somos adaptáveis! Cortei todos os ambientes do meu lar e configurei em uma planta baixa. O que fazer com aquela planta ? Enviei as imagens as rendeiras do cariri paraibano que teceram os desenhos. cada uma fez ao seu modo , seu recorte peculiar. Pensei em quadros emoldurados nas paredes! Jô do Osso integra o projeto cedendo tingimentos naturais que ela mesma produz. O parceiro, a marca Santa Luzia redes e decoração, cedeu tecidos feitos em seus teares com fio de algodão reciclado e garrafa pet. As molduras ficaram por conta da Casa Jorge. Os quadros representam os dias de confinamento com as sensações de calmaria e paz pesadelos e angústias frios e aconchegos e por último vibrações e pulsações a proposta de criar produtos artísticos que envolvem parcerias.
Para votar, escolha apenas uma alternativa em cada critério.

Criatividade e Inovação

Valores Locais

Relevância Econômica